You are currently viewing Protocolo de Segurança: volta às aulas 2022

Protocolo de Segurança: volta às aulas 2022

Caros Familiares

De acordo com a Portaria SEE Nº 3777 de 15 de julho de 2021, quanto ao distanciamento social nos Estabelecimentos de Ensino, o Secretário de Educação e Esporte, no uso de suas atribuições, RESOLVE:

1- Distanciamento Social:

1.1- Distância: manter pelo menos 1,0m(um metro) de distância entre os estudantes, trabalhadores de educação em educação e colaboradores em todos os ambientes do Estabelecimento de Ensino.

Assim sendo, novas medições foram realizadas em todos os ambientes da/s nossa/s escola/s Peralta/Ariano, nos possibilitando receber TODOS OS ESTUDANTES para aulas presenciais.

 

Informamos que todo o Corpo Docente, assim como o Administrativo e Direção, estão vacinados.

Apelamos para os responsáveis por estudantes que se encontram até o presente momento fora do ambiente escolar, para que revejam tal posicionamento, levando em conta o número de pessoas vacinadas, tanto no núcleo familiar quanto no escolar. Retornar com as aulas presenciais, será um grande avanço para toda comunidade escolar.

Os protocolos de segurança à saúde serão  mantidos.

A saber:

  Uso da máscara de forma obrigatória e contínua por todas as dependências da Escola, exceto para os alunos (as) do maternal I. Os (as) estudantes deverão portar mais de uma máscara para a troca sempre que estiver suja ou úmida e ainda acomodá-las em sacos plásticos individuais, na hora das refeições.

  Com o objetivo de evitar aglomerações solicitamos que as famílias atendam rigorosamente aos horários estabelecidos de entrada e saída, que não permaneçam nas dependências da escola e ainda que apenas um portador busque o aluno.

  Caso o estudante (ou membro da família que more na mesma residência) seja diagnosticado com COVID-19, a Escola deve ser comunicada e, mesmo assintomático, o aluno precisa ficar em casa.

– Não devem vir à Escola alunos que apresentem os seguintes sintomas: febre  (temperatura > 37,8º)ou calafrios; dor de garganta; dor de cabeça; tosse; fadiga; perda de paladar ou de olfato; dor muscular; náusea ou vômito; falta de ar ou dificuldades de respirar; congestão  nasal ou coriza; diarréia.

Havendo definições de novas diretrizes, comunicaremos imediatamente às famílias. Contamos com a colaboração de todos para juntos passarmos por isso.

Atenciosamente 

A Direção,